ano novo, ano velho 🕗

Posted on 04 Jan, 2019 by rita prata

A pergunta e mensagem que mais recebo no instagram é… ‘como consegues trabalhar por conta própria?’, ou ‘o que posso fazer?’ ou ‘como começar?’… Já escrevi aqui no blog sobre isso mas não fui ao fundo da minha questão, a questão fundamental para que tudo acontecesse neste momento. E sendo início de ano novo, é aquela altura em que mesmo sem querermos, olhamos para trás, fazemos contas, somamos, subtraímos, dividimos e olhamos para os resultados e a partir daí traçamos o caminho para o que aí vem. certo? 

Dei por mim a fazer isso mesmo e na folha das respostas o resultado dava positivo 🙃

Nesta mesma altura, mas a 2 de Janeiro de 2018, estava a rescindir o contrato de trabalho que tinha com a empresa para onde fui trabalhar no ano de 2017. Não foi um dia feliz.

Mas vamos recuar um pouco mais atrás, para 2016 o ano em que deixei Lisboa para vir para Braga. Mudar de vida, de cidade, de país, é sempre um desafio e quase um começar de novo. E foi nesse começar de novo que começou a procura de emprego, o pensar em alternativas, soluções, se seria viável ser freelancer a tempo inteiro numa cidade onde ninguém me conhecia… Senti que apesar da experiência profissional ser muita, o risco de uma cidade desconhecida era enorme, e um emprego convencional seria talvez a aposta segura. Esqueci-me foi de algo que a experiência já me tinha ensinado… Que de apostas seguras não se vive, e que o tradicional nem sempre é o melhor caminho.

Foi pelo caminho do tradicional que acabei numa empresa onde ao fim de algum tempo não senti que fizesse sentido continuar. Aqui aprendi a dizer ‘Não’ ao que não me faz bem, ao que não ajuda ao meu crescimento pessoal e profissional, ao que não faz sentido. E foi talvez uma das maiores lições de vida que tive, e a mais difícil. Com isto, acabei por vir embora.

Voltamos assim ao dia 2 de Janeiro de 2018, um dia triste, onde fiquei de mãos caídas, cara no chão, sem força nas pernas, pois não tinha um plano nem uma visão, apenas a desilusão e o cansaço de tentar algo e não conseguir. A exaustão tinha tomado conta de mim. E agora?

Tive o meu tempo de luto, de descanso, de tristeza, de pensar em mim, na minha saúde física e mental, e de como poderia tornar aquele momento difícil, num momento de aprendizagem pessoal, de afirmação profissional, de crescimento e de superação.

E assim, aos poucos, aconteceu… Com pouca fé de que uma cidade (fosse ela qual fosse) que não me conhece fosse acreditar em mim enquanto profissional e querer trabalhar comigo, o que não imaginava aconteceu, e aos poucos dei por mim a conhecer pessoas novas, em contextos de trabalho e de vida, a fazer trabalhos diferentes, a criar estratégias para outros, e a educar-me cada vez mais sobre a minha área e a ajudar os outros pelo mesmo caminho. Dei por mim a crescer ainda mais.

 

 

Por tudo isto, hoje só vos quero dizer que o ano velho, o ano que passou, seja 2018 ou outro qualquer, nos pode trazer muita coisa, e normalmente traz, o valor e peso que essas coisas trazem só nós podemos definir. O que sei também é que faz nesta mesma altura um ano e estava eu absolutamente de rastos, triste, sem visão, sem chão e sem esperança, e hoje sou uma mulher muito feliz, faço trabalhos que adoro, trabalho com pessoas incríveis e inspiradoras que sem saberem me dão força todos os dias.

 

 

Este texto é muito para mim, mas muito também para vocês que acreditaram em mim… para a família que me apoiou, para o meu companheiro que nunca desistiu, mesmo sendo difícil também para ele, e me deu (e continua a dar) força todos os dias de forma incansável, e para todos os clientes que acreditaram em mim sem me conhecerem, e me deram a gana de continuar a fazer tudo isto e ir além do que esperava.

É também para aqueles que estão tristes, que não vêem a luz como eu não a via, que não acreditam que é possível tudo mudar e dar a volta por cima. É. Basta abrir os olhos, respirar fundo, e devagar dar o salto de fé, perder o medo.

Que 2019 seja o vosso ano sem medos, o vosso ano de lutas, de aventuras, de superação pessoal, profissional, e de exitos.

Que seja incrível ☺️

2 Comments

  • Laura 05 Jan, 2019 at 9:58 am

    Você é uma das pessoas mais especiais que conheci em 2018 e que agradeço todos os dias por isso.
    Uma menina especial que cativa a todos a sua volta. Você é incrível e nós é que temos a sorte de te conhecer. Gratidão!

    Reply
    • rita prata 07 Jan, 2019 at 12:00 pm

      e eu a sorte de te ter conhecido ☺️ do coração! fazes parte desta minha viagem ☺️OBRIGADA!!

      Reply

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *